Evangelismo infantil.

Evangelismo infantil.

“Respondeu-lhes Jesus: Sim; nunca lestes: Da boca de pequeninos e crianças de peito tiraste perfeito louvor?” Mateus 21.16 É importante o evangelismo infantil.

Durante o ministério de Jesus, a presença de crianças pode ser notada, embora no contexto social elas estivessem em desvantagem. Quando os sacerdotes e escribas repreenderam a livre manifestação de louvor de crianças a Jesus, o Mestre refutou esta repressão com um texto bíblico (Salmos 8.2).
A frase célebre de Jesus afirmando “deixai vir a mim os pequeninos” sempre é lembrada quando falamos de crianças. Mas o que Jesus queria dizer com estas palavras? Certamente há uma mensagem importante neste contexto que revela o tratamento de Jesus para as crianças.

 

 

Como Jesus tratava as crianças? Por isso entendemos que é muito importante o evangelismo infantil.

Vamos refletir nas três passagens que Jesus afirma “deixai vir a mim os pequeninos” e refletir sobre o tratamento de Jesus para as crianças:

 

1- Jesus dá liberdade às crianças: Mateus 19.14 “Jesus, porém, disse: Deixai os pequeninos, não os embaraceis de vir a mim, porque dos tais é o reino dos céus”.

Como as criança conhecerão o que é delas sem o evangelismo infantil, não há como, é preciso que alguém ensine corretamente o evangelho do reino e essa obrigação começa primeiro com os pais, tios e tias, irmãos mais velhos, avós  em fim, parentes e amigos.

O evangelista Mateus, ao narrar a fala de Jesus sobre as crianças, enfatizou o desejo de Jesus em que as crianças tenham liberdade de vir até Ele. Os discípulos estavam achando que as crianças estavam atrapalhando o Mestre. Mas a preocupação maior do Senhor era que não houvesse ‘embaraços’ ou dificuldades para que as crianças tivessem acesso à sua pessoa.
Um exemplo de criança que teve livre acesso até Jesus foi o menino com cinco pães e dois peixes (João 6.9). Embora os discípulos estivessem achando difícil alimentar tão numerosa multidão, aquele menino anônimo se dispôs a contribuir com seu lanchinho. Este comportamento revela que as crianças são surpreendentes e mais ainda é o que Jesus pode fazer através delas.
Hoje em dia existem muito embaraços que dificultam o acesso de crianças a Jesus. Por exemplo, a falta de exemplo de adultos, a malícia ensinada a elas desde pequenas, o consumismo, falta de pessoas para ensinar e discipular crianças. Outro empecilho é o tratamento da espiritualidade das crianças como se fosse uma brincadeira, fazendo que quando crescem deixem a igreja pensando que é algo infantil.

Jesus quer que as crianças sejam livres para vir até Ele!

 

2- Jesus vê e defende as crianças: Marcos 10.14 “Jesus, porém, vendo isto, indignou-se e disse-lhes: Deixai vir a mim os pequeninos, não os embaraceis, porque dos tais é o reino de Deus”.

O evangelista Marcos acrescenta ao texto que Jesus estava olhando para as crianças e ao ver que os discípulos as impediam de ir até Ele, sentiu-se indignado com isso. Com isto aprendemos que Jesus está sempre olhando para as crianças e não fica satisfeito quando alguma mal é feito a elas.
Um menino estava possesso de espírito maligno que o prendia deixando-o tão apavorado que se lançava no fogo (Marcos 9.22), mas Jesus o libertou deste mal. Enquanto os fariseus julgavam a história de vida daquela família e os discípulos ficaram confusos sem saber o que fazer, Jesus tomou atitude para salvar aquela criança. Jesus viu o sofrimento do menino e o defendeu do inimigo.
As crianças precisam de cuidado. É necessário estar sempre olhando por elas. Um bom tutor nunca perde uma criança de vista. Além disso, proteger a criança de coisas que lhe façam mal é indispensável. Infelizmente muitas crianças são educadas pela TV e os pais não estão vendo o que acontece com elas. Os responsáveis devem defender os direitos das crianças não pensando que somente prover sustento é o suficiente.

Jesus está olhando as crianças para defendê-las de todo mal!

 

 

3- Jesus chama as crianças: Lucas 18.16 “Jesus, porém, chamando-as para junto de si, ordenou: Deixai vir a mim os pequeninos e não os embaraceis, porque dos tais é o reino de Deus”.

O evangelista Lucas enfatiza que Jesus chamou as crianças para perto dele. O texto demonstra que alguém estava atrapalhando as crianças de estar perto de Jesus. Os discípulos estavam influenciados pelos valores sociais que excluíam as crianças de muitos direitos como o culto, por exemplo. Mas Jesus queria incluir as crianças declarando que elas já são proprietárias dos Reino de Deus.
A filha de Jairo, quando estava doente e Jesus foi à sua casa para curá-la, mas quando chegou ela já estava morta. A primeira atitude de Jesus foi pedir que algumas pessoas (adultos) se retirassem, por não acrescentar a fé necessária no momento. Mesmo a menina estando morta, Jesus foi até ela e a chamou, mandando que se levantasse (Lucas 8.54). A menina ressuscitou! Quando Jesus chama as crianças ele dá vida e tira tudo que tem trazido morte aos pequeninos.
Muitas crianças estão morrendo sem Jesus. Mal começam sua vida e já conhecem a morte pela violência, drogas, doenças e todo tipo de injustiça. Jesus está chamando as crianças para ficar perto Dele. A presença de Jesus é a maior segurança que uma criança pode ter.

 

 

Jesus está chamando as crianças para viver em Sua presença! Por isso entendemos que é muito importante o evangelismo infantil.

 

A expressão de Jesus para que as crianças pudessem vir até Ele deve ser pregada com ênfase no dever de conduzir os pequeninos até Cristo. Certamente muitas daquelas crianças que Jesus abençoou se tornaram seus discípulos posteriormente.

Aprendemos que Jesus trata as crianças:
-dando a elas a liberdade de expressar sua fé com sua pureza e simplicidade peculiar;
-olhando para elas e defendendo de todo perigo;
-chamando as crianças para estar perto Dele.

 

 

Jesus tratava as crianças com amor!

 

Como discípulos de Jesus, devemos conduzir as crianças no Caminho de Cristo!


A Palavra de Deus é a maior herança
que você pode deixar para seus filhos!

Quando se trata de Internet, é muito importante que vocês verifiquem os sites de maior interesse dos seus filhos, pois só assim ficarão inteirados dos conteúdos com os quais eles estão tendo contato. Por isso, nossa idéia de compartilhar com vocês, pais ou responsáveis, uma excelente opção de ensino e conteúdo cristão infantil.

Descubra o KIT CRIANÇA CRISTÃ

Conteúdo cristão sadio e edificante para crianças e  pré-adolescentes!

Saiba mais em:

Mulher, simbolo de virtude!!

Mulher, simbolo de virtude!!

images

Me mandaram no whatsapp esta semana e realmente é bem semelhante ao que realmente é na vida real. É triste ver seres humanos que não se valorizam.
Olha que texto show
Parabéns ao autor!
Defeito de Mulher
Quando Deus fez a mulher, já estava nas horas extras de seu sexto dia de trabalho.
Um anjo apareceu e perguntou:
– Senhor, por que gastas tanto tempo com esta criatura?
E o Senhor respondeu:
– Você viu a ‘Folha de Especificações’ para ela?
– Ela deve ser completamente flexível, porém não será de plástico, deve ter mais de 200 partes móveis, todas arredondadas e macias e deve ser capaz de funcionar com uma dieta rígida, ter um colo que possa acomodar quatro crianças ao mesmo tempo, ter um beijo que possa curar desde um joelho raspado até um coração ferido’
O anjo se maravilhou com os requisitos e indagou curioso:
– E este é somente o modelo Standard?
E ponderou:
– Senhor, é muito trabalho para um só dia, espere até amanhã para terminá-la.
E o senhor retrucou:
Não. Estou muito perto de terminar e esta criação é a favorita de Meu próprio coração. Ela se cura sozinha, quando está doente; e pode trabalhar 18 horas por dia.
O anjo se aproximou mais e tocou a mulher.
– Porém a fizeste tão suave Senhor!
E Deus disse:
– É suave, porém, a fiz também forte. Não tens idéia do que pode agüentar ou conseguir.
– Será capaz de pensar? – perguntou o anjo.
Deus respondeu:
– Não somente será capaz de pensar, mas também de raciocinar e negociar, mesmo que pareça ser desligada ela prestará atenção em tudo o que for importante.
Então, notando algo, o anjo estendeu a mão e tocou a pálpebra da mulher…
– Senhor, parece que este modelo tem um vazamento… Eu Te disse que estavas colocando muitas coisas nela.
– Isso não é nenhum vazamento… . É uma lágrima – corrigiu o Senhor.
– Para que serve a lágrima?’ – perguntou o anjo.
E Deus disse:
– As lágrimas são sua maneira de expressar seu amor, sua alegria, sua sorte, suas penas, seu desengano, sua solidão, seu sofrimento e seu orgulho.
Isto impressionou muito ao anjo.
– És um gênio, Senhor. Pensaste em tudo. A mulher é verdadeiramente maravilhosa.
– Sim, ela é!
– A mulher tem forças que maravilham os homens.
– Agüentam dificuldades, carregam grandes cargas físicas e emocionais, porém, têm amor e sorte.
– Sorriem, quando querem gritar.
– Cantam, quando querem chorar.
– Choram, quando estão felizes e riem, quando estão nervosas.
– Lutam pelo que acreditam.
– Enfrentam a injustiça.
– Não aceitam ‘não’ como resposta, quando elas acreditam que haja uma solução melhor.
– Privam-se, para que sua família possa ter algo.
– Vão ao médico com uma amiga que tem medo de ir sozinha.
– Amam incondicionalmente.
– Seu coração se despedaça, quando morre uma amiga, mas são ainda mais fortes quando pensam que já não há mais forças.
Porém, há um defeito que não consegui corrigir:..
-É que às vezes elas se esquecem o quanto valem!
Passe para as mulheres maravilhosas que você conhece e as lembre do quanto valem !!

 

Parabéns a todas as mulheres de verdade!

Oração da  maçaneta

Passou o dia das mães e não tive tempo de escrever nada sobre o tema, mais eu encontrei no blog do Eurico Gomes este poema que é a oração de uma mãe, achei interessante. Chama-se ” Oração da maçaneta” Ela conta a historia de alguns momentos de uma mãe, na hora lembrei de uma passagem bíblica (Claro porque este blog é sobre a bíblia e vida espiritual) que fala sobre as “raposinhas ” – ou seja coisas pequenas, detalhes – que podem por tudo a perder, porém se Deus deu tanta atenção assim as “raposinhas” detalhes, é por que são mesmo importantes e se podem por a perder também podem fazer toda diferença nas nossas vidas, em relações, tanto familiares como sociais e interpessoal. A passagem está em CANTARES DE SALOMÃO filho de Davi. verso 2;17,
Apanhai-nos as raposas, as raposinhas, que fazem mal às vinhas, porque as nossas vinhas estão em flor. Cânticos 2:15

O trecho da “Oração da  maçaneta” está abaixo

“Não há mais bela música

que o ruído da maçaneta da porta
quando meu filho volta para casa.
Volta da rua, da vasta noite,
da madrugada de estranhas vozes,
e o ruído da maçaneta
e o gemer do trinco,
o bater da porta que novamente se fecha,
o tilintar inconfundível do molho de chaves
são um doce acalanto,
uma suave cantiga de ninar.

 

Só assim fecho os olhos,
posso afinal dormir e descansar…”

É bem forte no coração, veja a atenção que a mãe tem e a diferença que os detalhes simples fazem, dizem bem mais que um milhão de palavras, e as vezes não valorizamos nossas mães e famílias como deveríamos ou poderíamos.

Veja como o coração de uma mãe é, sempre atenta ao detalhes e sempre cuidadosa.